16 de abr de 2010

Lost! Cada um por si ou Jacob por todos?

Sinopse: Um voo sai da Astralia em direção LA, tudo parece normal mas logo o panico toma conta de todos, o avião se parte no meio e todos caem, meio desorientados e tentando salvar os feridos eles mau se dão conta que estão em uma ilha. Passado as primeiras horas, o grupo tenta se organizar e logo um homem se destaca como lider. Jack Shephard, médico e um lider nato toma as redias da situação e conduz o grupo a uma organziação que os levara a possivel salvação. Eles montam um pequeno acampamento, com a esperança de um resgate. Com a demora do resgate eles desidem explorar as proximidades do acampamento em busca de agua e comida que ja estão escasas, logo eles se deparam com estranhos acontecimentos como um possivel monstro na floresta, uma escotilha no meio da selva e outros diversos mistérios que daram inicio a uma linha de acontecimentos que eles jamais imagiram.

Dados Técnicos  
Origem

Lost começou a ser desenvolvida em Janeiro de 2004, quando o então director do canal ABC, Lloyd Braun encomendou um roteiro inicial, baseado numa ideia que ele afirmava já ter há algum tempo, uma mistura do filme Cast Away e do reality show Survivor. Furioso com o resultado obtido na primeira e segunda tentativas, Braun contratou J.J. Abrams, criador da série cult Alias, para escrever um novo episódio piloto. Apesar de inicialmente hesitante, Abrams entusiasmou-se com o projeto e depois acabou por colaborar com Damon Lindelof, para criar o estilo próprio da série e das suas personagens. A gestação do programa esteve constrita a prazos apertados - pelo fato de ter sido iniciada próximo demais do início da temporada televisiva - no entanto a equipe criativa manteve-se sempre flexível para modificar ou criar personagens que se adequassem ao elenco de atores escolhidos.

O episódio piloto de Lost foi o mais caro da história da televisão, tendo custado entre 10 e 14 milhões de dólares. O programa tornou-se um dos maiores sucessos comerciais da televisão em 2004 e, juntamente com a outra série estreante da ABC, Desperate Housewives, ajudou a reverter a má fase do canal televisivo. No entanto, Lloyd Braun foi demitido pelos executivos da Disney, dona da ABC, por ter aprovado um projeto tão caro e arriscado.

Lost ganhou o Emmy Award for Outstanding Drama Séries e Abrams foi premiado com o Emmy em setembro de 2005 pelo seu trabalho como realizador. Em janeiro de 2006 ganhou o Golden Globe Award para Melhor Drama Televisivo. Em 2005, Lost foi escolhido por vários internautas de todo o mundo, como a melhor série de televisão.

Episódios e estrutura da série

 

Cada episódio começa geralmente com um cold open — uma técnica usada em televisão e cinema, que consiste em saltar diretamente para a história, no início ou abertura do programa, antes mesmo da sequência de títulos e créditos ser apresentada — precedidos por uma revisão do que aconteceu nos episódios anteriores dando segmento para a narrativa que se segue.

Numa conjuntura dramática, a tela fica preta e o título do programa ligeiramente desfocado, vai aproximando-se do espectador, ficando cada vez mais nítido ao mesmo tempo que se faz acompanhar por um som discordante e ameaçador (esta abertura é a da transmissão original, em outros países ela pode ser diferente).

Enquanto há uma continuidade geral da história, os eventos na ilha vão sendo intercalados, frequentemente, com histórias paralelas através dos flashbacks (a partir de determinado momento também flashforwards) que expandem a história a determinados personagens de cada episódio. Os flashbacks mostram um pouco da vida de cada personagem antes do acidente, e isso ajuda a desvendar alguns mistérios no desenrolar da história.

Personagens principais, em outra visão!

Sayde Jarrah: Maluco Iraquiano, eis torturar barbudinho sexy... Um dos mais legais da serie.
Jack Shephard: Babaquinha da serie, personagem de bom moço, faz uma paradinhas legais mais muito cheio de mimimi.
Hugo: Cota de gordos da serie, mais um bom ator e um bom personagem, tem uma parte comica mas ainda bem elaborado. Gosto dele!
Sawyer: Melhor personagem da serie, cara foda cheio de si, que sai dando porrada em todo mundo.
Kate: Par rômantico do jack e do sawyer! lol ! e de quem mais ela queira ser... nas primeiras temporadas ela era massa, nas ultimas viro uma chata!
Mr. Eko: Com aparição na segunda e terceira temporda, o senhor eco para min foi um grande personagem, antigo traficante e padre, ele mostra um lado religioso e bondoso que esconde um assasino. morto pelo monstro da fumaça na terceira temporada.
John Locke: Supervisor regional de uma fábrica de caixas, antes inspetor de casas, vendedor de lojas, caçador e Líder dos Outros, locke se mostra um vencedor nato, saio de uma cadeira de rodas para ser o lider de um grupo de pessoas malucas, locke tem um dos papéis mais importantes da série. sem duvida um personagem que merece todo o respeito e admiração.
Jacob: Deus da ilha?, senhor do universo? Criatura Mitológica? quem sabe, sua origem é um completo e doloroso mistério, só posso contar que ele é sem duvida o criador e admistrador de tudo que vemos acontercer em 6 temporadas na ilha. Espero que até o final da série sua história seja muito bem explicada, por que se não serei um dos primeiros a mandar emails chingando os produtores da série.
Ant Jacob: Anti Jacob, Nemessis, Isau... Existem tantas teorias para o que é essa coisa que me parece ser o lado mau de jacob, por enquanto só sabemos seu objetivo, dar o fora da ilha... a e recentemente descobrimos que ele é a fumaça!

Claro que existem diversos outros personagens com tanta importancia quantos esses, mais por falta de tempo e para não deixar um post com ums 5000 linhas vou me ater somente a esses. Procurem, pesquisem pelos outros, assistam a série, tirem suas próprias opiniões e compartilhem conosco.


Pequeno Resumo das 6 temporadas (Informações Retiras do Wikipédia)

1ª temporada (2004/2005)

 

A primeira temporada começou a ser transmitida nos Estados Unidos em 22 de Setembro de 2004 composta por 25 episódios.
O vôo 815 da companhia aérea Oceanic Airlines, cai na costa do que aparenta ser uma ilha tropical deserta, forçando o grupo de estranhos a trabalhar em conjunto para se manterem vivos. No entanto, a sua sobrevivência é ameaçada por vários mistérios, incluindo uma escotilha metálica enterrada no solo, uma criatura que vagueia pela selva e os habitantes da ilha conhecidos como "Os Outros". Os sobreviventes descobrem que um dos seus não é quem parece ser e encontram uma mulher francesa chamada Danielle Rousseau, cuja equipe naufragou há 16 anos.

2ª temporada (2005/2006)

 

A segunda temporada teve 24 episódios e começou a ser transmitida a 22 de setembro de 2005. Um tema prevalecente em toda temporada é o conflito entre fé e ciência.
A história continua 44 dias depois da queda do avião. É revelada a existência da misteriosa Dharma Initiative e o seu benfeitor, Hanso Foundation. Vários personagens novos aparecem, incluindo os sobreviventes da cauda do avião Ana-Lucía Cortez, Bernard, Libby e Mr. Eko. São igualmente apresentados Desmond um homem que tem que apertar um botão na escotilha digitando os números maus — 4, 8, 15, 16, 23, 42 — para salvar o mundo, um homem que diz chamar-se Henry Gale, e ainda outros habitantes da ilha. A verdade sobre os "Outros" começa a revelar-se e descobre-se um homem chamado ethan é um dos outros.


3ª temporada (2006/2007)

 

A terceira temporada teve 23 episódios e estreou em 4 de outubro de 2006.
O público conheceu mais sobre a Iniciativa Dharma e sua ligação com os "Outros". O mundo destas pessoas que viviam na ilha antes da queda do vôo 815 e seus mistérios é explorado. Outros temas recorrentes são o poder de clarividência desenvolvido por Desmond (envolvendo freqüentemente a morte de Charlie) e uma possibilidade real de resgate para os sobreviventes. A temporada incluiu vários novos personagens ao universo da série, como Paulo, interpretado pelo ator brasileiro Rodrigo Santoro; Juliet Burke, a misteriosa integrante do bando Os Outros; Naomi Dorrit, uma paraquedista que veio a ilha procurar Desmond; Greta e Bonnie, que cuidavam de uma estação que todos pensavam estar desativada, entre outros. Jack faz contato com um navio cargueiro, e todos esperam ser resgatados pelo navio.

4ª Temporada (2008)

 

A quarta temporada foi planejada (antes da greve dos Roteristas) para ter 16 episódios, iniciando sua transmissão nos Estados Unidos e Canadá no dia 31 de Janeiro de 2008. Devido à greve dos roteristas, a temporada foi concluída com 14 episódios, constituídos de 8 antes da greve e 6 pós-greve, retomados em 24 de Abril, nos Estados Unidos. Isso inclui um episódio final de 3 horas de duração denominado "There's no Place Like Home". A primeira parte foi ao ar na quinta-feira do dia 15 de Maio, e as partes 2 e 3, num especial de 2 horas, no dia 29 de Maio. A quarta temporada de Lost difere e muito das outras temporadas, possuindo um "esquema" com mais suspense e mistérios. A narrativa mudou seu foco. Nesta temporada, um navio cargueiro estabelece contato com os sobreviventes com a intenção de resgata-los, porém ao decorrer dos episódios, temos em descoberta de que eles não são quem dizem ser, resultando em novos mistérios e conflitos entre os sobreviventes e os falsos salva-vidas. No fim, seis pessoas conseguem sair da ilha.

5ª temporada (2010)

 

Nesta temporada, os sobreviventes vivem experiências catastróficas com o tempo e os seis da Oceanic que saíram da ilha no final da quarta temporada precisam voltar. Jin está vivo e descobrimos como Rousseau chegou à ilha, Ben divide-se ainda mais mostrando um outro caráter.
Kate está com problemas em relação ao Aaron, querem tirá-lo dela, mas na verdade se trata de apenas uma armadilha de Ben para convencê-la a voltar à ilha. Locke parte em missão para buscar os seis da Oceanic. Começamos a descobrir relações entre o pessoal do cargueiro e a Iniciativa Dharma. Locke é assassinado por Ben em Los Angeles. Os sobreviventes agora fazem parte da iniciativa Dharma de 1977.Sun está em 2007 com Frank Lapidus e Ben. Mais sobreviventes estão na ilha, resultado de outro acidente aéreo, que trouxe os oceanic six de volta à ilha, sob o comando de Ben, já que Locke foi assassinado por ele. Partes do grupo volta no tempo, para 1977, onde se integram à Iniciativa Dharma. Os demais permanecem em 2007, inclusive "Locke". O Inimigo de Jacob se materializa como Locke e engana todos para que consiga convencer Ben a matar Jacob. A identidade de Jacob é revelada. Ilana, Bram, Lapidus e os seguidores de Jacob revelam à Richard, Sun e aos Outros o verdadeiro John Locke, morto dentro de uma caixa encontrada no compartimento de carga do avião. Logo após o assassinato de Jacob, a temporada termina com Juliet explodindo uma bomba de hidrogênio após ser sugada pela energia da Estação Cisne. Após a explosão, a tela fica branca e o letreiro de Lost vai ficando mais nítido com o passar dos segundos, e então o episódio termina.

6ª temporada (2010)

 

Em maio de 2007, o presidente da ABC Entertainment, Stephen McPherson, anunciou que Lost terminará em 2010. "Nós sentíamos que esta era a única maneira de dar a Lost um final criativo e apropriado", disse McPherson. Começando com a temporada de 2008, haverá 48 episódios até o final da série, programados para serem transmitidos em três temporadas: 4ª temporada (14 episódios), 5ª temporada (17 episódios) e 6ª temporada (17 episódios), que será a última. Estas temporadas começaram em 2008 e vão até 2010, com um intervalo de sete meses entre cada. Nos Estados Unidos, as temporadas iniciam-se em janeiro e terminam em maio.
O aviso da ABC foi chamado de "sem precedentes" pelos produtores executivos Damon Lindelof e Carlton Cuse. Lindelof e Cuse também disseram que "Lost tem um início, um meio e um fim". O co-criador J.J. Abrams também elogiou a decisão, comentando que "é a opção apropriada para a série e seus telespectadores. Aplaudo a ABC e Touchstone Television pela decisão".
A trama da sexta e última temporada de lost se baseia no confronto entre dois adversários, os quais supostamente trabalham a mente dos losties. Um deles é Jacob, agora morto, e o outro é seu rival, que descobrimos também ser o monstro de fumaça. Nessa temporada não temos flashbacks, nem flashforward, mas sim flashsideways, que são nada mais nada menos do que eventos numa realidade paralela que, muitos apostam, irá se cruzar com a realidade actual dos sobreviventes.


2 comentários:

Postar um comentário